Foto
São Paulo POLO de Arte Contemporânea

Para reforçar a importância de São Paulo na difusão cultural brasileira, as mais representativas instituições culturais da cidade se reuniram e formaram o São Paulo Polo de Arte Contemporânea. Juntas, irão coordenar suas atividades e calendários culturais em prol de programações conjuntas, tomando sempre por princípio que o insumo artístico é essencial para a construção da cidadania.

Como forma de garantir o sucesso dessa iniciativa pioneira, a Bienal de São Paulo dedicará uma parcela de seus recursos para elaborar materiais de divulgação e realizar ações na mídia para promover essa programação conjunta. Uma dessas ações se materializa, com a publicação da primeira edição da Revista Polo de Arte – um espaço para divulgar e analisar as diversas exposições e atividades culturais da cidade.

A primeira ação coordenada do Polo será realizada durante a 29ª Bienal Internacional de São Paulo, entre 25 de setembro e 12 dezembro, quando os centros culturais terão suas atividades alinhadas ao mote central da mostra: a relação entre arte e política. Será apenas o início de um esforço coletivo das instituições do Polo para firmar a cidade de São Paulo como um centro cultural de amplo impacto no meio artístico, na indústria do lazer e turismo e no setor educativo.

A criação dessa rede respeitará e incluirá a diversidade desses equipamentos, alguns deles voltados à linguagens artísticas muito determinadas, entendendo que a diversidade e, mais que isso, a relação entre elas, é um dos aspectos essenciais da produção artística contemporânea.

Faz parte da missão do Polo, portanto, promover seminários, ações educativas e outras atividades culturais que aprofundem os debates acerca da arte contemporânea e afirmem sua importância como parte da vida cultural da cidade. As instituições participantes compreendem que a natureza transformadora da arte está justamente na sua capacidade de incidir na formação dos cidadãos, nomeadamente os jovens, ampliando sua sensibilidade e formas de expressão.

Museu da Cidade de São Paulo

Durante a 29º Bienal de São Paulo o Museu da Cidade de São Paulo Integra a programação do São Paulo Polo de arte contemporânea com as exposições na Capela do Morumbi: ECCO NARCISUS de Hudinilson Jr., de 15 de agosto a 17 de outubro de 2010, e SOLO de Rejane Cantoni e Leonardo Crescenti de 06 de novembro de 2010 a 01 de fevereiro de 2011.