Foto
SEM TÍTULO, 1992

70 unidades de fragmentos de madeira, alumínio laminado, tecido e parafina.
Coleção Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo.

Trata-se de um conjunto de 70 peças desiguais construídas pelo empilhamento desengonçado de diferentes fragmentos de alumínio, pano, madeira e parafina, estruturadas por um eixo central.

Cada uma delas é pendurada no madeiramento do telhado por um fio, de modo a obter um espaçamento regular entre as peças, tanto no sentido da largura quanto no do comprimento. As alturas são escalonadas por fileiras, de modo a simular visualmente um plano inclinado em relação ao solo da capela, a mais baixa com 0,20 m e a mais alta com 1, 775 m.

Falsa hierarquia de troços empilhados em suspensão, cada peça e o conjunto delas são como restos de uma iconografia barroca, disciplinadamente organizadas pela estrutura construtiva do edifício antigo.

Não mais santos, altares e velas, mas volutas degradadas, ouro falso e tecido esgarçado dependurados fragilmente num céu de telha vã. 


Carmela Gross

* A instalação integra a mostra ARTE À MÃO ARMADA da artista CARMELA GROSS em exibição na CHÁCARA LANE



Evento: SEM TÍTULO, 1992
Período expositivo: 4 de setembro de 2015 a 5 de março de 2017

Local: Capela do Morumbi
Endereço: Avenida Morumbi, 5387, Morumbi.
Telefone: 11 3772.4301
Horário de Funcionamento: de terça a domingo, das 9 às 17 horas
Entrada gratuita